ALFAZEMA

ALFAZEMA

ALFAZEMA
(Lavandula vera, Lavandula officinales).
 
 
FAMÍLIA: Labiadas.
 
OUTROS NOMES: Lavanda.
 
DESCRIÇÃO: Erva européia, aclimatada no Brasil. Caule estirado, esgalhado. Folhas sésseis, ensiformes. Flores amarelas, violáceas, dispostas em círculos. Frutos pequeninos, semelhantes aos do cominho.
 
USO MEDICINAL: Recomenda-se para os seguintes casos: anúria, amenorréia, apoplexia, asma, afecções do fígado e do baço, blenorragia, cãibras, clorose, dores de cabeça, enxaqueca, escrófulas, gota, hipocon-dria, inapetência, icterícia, leucorréia, nervosismo, reumatismo, ventosidades.
         Aplicam-se topicamente cataplasmas quentes, com folhas cozidas, para acalmar as nevralgias e dores reumáticas.
 
PARTE USADA: Toda a planta.
 
DOSE: Uso interno – 8 gramas para 1 litro de água; 3 a 4 xícaras por dia. 

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.